Blog do Maragao





msgbartop
msgbarbottom

Cavalo de Batalha, a guerra vista através dos olhos de um animal

O livro Cavalo de Batalha de Michael Morpurgo nos conta a história de uma guerra vista através dos olhos de um cavalo. Esta é a história de Joey, um cavalo que será separado de seu único amigo, seu amo Albert, para ser enviado à Europa e lutar na Primeira Guerra Mundial.

Através de seus olhos veremos a brutalidade de uma guerra que não entende, na qual se vê envolvido sem saber a razão, perguntando-se se alguma vez verá novamente a Albert. E Albert, por sua parte, após ver seu pai vender o seu queridíssimo cavalo, promete ir em frente e recuperá-lo, custe o que custar. Uma história de amizade entre dono e animal, do horror de uma guerra absurda e do medo à violência.

Durante a Primeira Guerra Mundial mais um milhão de cavalos foram vendidos ao exército inglês para lutar no continente. A maioria deles perecem durante a guerra e muitos seriam vendidos para açougueiros franceses. Interessado por esta história, Michael Morpurgo decidiu dar vida a Joey e Albert, uma parceria que simboliza a amizade no meio de uma guerra implacável. Embora o livro tenha sido publicado pela primeira vez em 1982, rapidamente se converteu em um bestseller e hoje segue tendo o mesmo sucesso de antes. Steven Spielberg levará ao cinema em breve e em Londres você encontra um musical baseado na história.

Embora seja focada em um público juvenil, creio que a história possa ser apreciada por leitores de todas as idades.

Via Papel En Blanco

 




Svartifoss uma obra de arte natural que se expõe na Islândia

30/04/11 admin - Arquivado em Arte, Mundo - Tags: , , ,

Este lugar é uma impressionante catarata de cor negra localizada no fascinante Parque Nacional de Skaftafell.

Como podemos ver na imagem, Svartifoss é formada por colunas poligonais de pedra balsato preto que lhe conferem um aspecto muito primitivo e insólito, parecido com um gigantesco órgão de catedral.

Para acessar a beleza de Svartifoss tem que se fazer um pouco de caminhada. O percurso não é muito complicado, pois demora cerca de 45 minutos andando calmamente a partir da entrada do Parque Nacional de Skaftafell.

Vale a pena ir com calma e apreciar o contínuo subir e descer das trilhas onde pode-se admirar as cachoeiras e riachos.

Assim que chegar a Svartifoss, estará pronto para admirar este capricho da natureza formado pelo basalto. Não é nada mais e nada menos que rocha vulcânica brilhante com contornos hexagonais. Assombroso!

Imagem Cristiano Corsini

Via Diario Del Viajero


Museu Soumaya: O capricho do homem mais rico do mundo

Nem todos podem dar-se este tipo de capricho. Trata-se de um monumental museu na Cidade do México construído pelo bilionário Carlos Slim, considerado o homem mais rico do mundo.

A coleção da Fundação Slim inclui obras de singular valor que o empresário foi adquirindo desde a década dos anos 60. Arte pré-colombiana, Murillo, Dalí ou Diego Rivera convivem em uma exibição colorida com impresionista e obras do século XV.

O edifício nasce graças as ideias do arquiteto Fernando Romero e um orçamento sem limites a cargo de Carlos Slim (seu sogro). Um peça de arquitetura única dentro da Cidade do México.

O Museu Soumaya leva o nome da esposa de Slim, falecida em 1999, e abriu suas portas em 28 de março passado exibindo muitas das 66.000 peças que inclui fundos da Fundação Slim, a segunda maior colecção de esculturas de Auguste Rodin fora da França.

A entrada ao museu é gratuita, de terça a domingo das 10h30 às 18h30, exceto sextas e sábados, que fecha duas horas mais tarde. Sábados e domingos há visitas guiadas também gratuitas.

Via Diario Del Viajero


Buda e Picasso no Museu Britânico

27/10/10 admin - Arquivado em Arte, Mundo - Tags: , , , ,

O Museu Britânico abre o outono europeu com duas excelentes exposições gratuitas. Buda e Picasso apresenta-se na capital londrina.

A primeira delas nos surge em textos sagrados e arte budista. A exposição leva o título do Budismo através da Ásia e nos traz a literatura e a arte sagrada desde o Sri Lanka até o Japão.

Os objetos que poderão ser vistos são parte da coleção permanente do museu, uma das maiores coleções do mundo deste tipo, e além de nos mostrar peças que estavam ocultas até hoje.

A segunda exposição que nos oferece o museu, entitula-se “Picasso a Julia Mehretu”. Está composta de uma coleção de desenhos que começam com o artista espanhol e terminam com os trabalhos da artista etíope Julia Mehretu.

Esta mosta foi inaugurada em 7 de outubro e permanecerá aberta até 25 de abril de 2011. Enquanto a exposição de arte sagrada budista poderá ser visitada até 3 de abril.

Uma boa desculpa para quem pode visitar esta apaixonante cidade européia que sempre tem novas atrações a oferecer.

Via Diario Del Viajero


O impressionismo do Museu de Orsay em Madri

16/01/10 admin - Arquivado em Arte - Tags: , , , , , , , ,

Os amantes da arte encontram no Museu de Orsay, em Paris, uma visita imprescindível para ver pintura, escultura e artes decorativas dos séculos XIX e XX. Pois bem, uma parte importante da pintura impressionista do Orsay está em Madri, na sede da Fundação Mapfre.

A exposição chama-se “Impressionismo. Um novo renascimento“, e percorre a história deste movimento artístico através das obras de mestres como Manet, Monet, Renoir, Sisley, Pisarro ou Cézanne. No total são exibidas 90 peças, a maioria das quais nunca antes vistas na Espanha.

Algumas das obras mais importantes da mostra são “O pífano” ou “Madame Manet ao piano” de Manet, “O columpio” de Renoirg, a “Gare Saint-Lazare” de Monet, “Jovens a beira do mar” de Puvis de Chavannes… E o melhor é que trata-se de uma exposição gratuita.

O subtítulo da mostra, “Um novo Renascimento“, faz referência ao Impressionismo que irá começar de novo na pintura e de olhar os mestres antigos de igual para igual.

Trata-se de quase 100 obras que serão exibidas depois no Belas Artes de São Francisco e no First Center for Visual Arts de Nashville.

Esta impressionante exposição “Impressionismo. Um novo renascimento” poderá ser vista em Madri, na Rua de Recoletos, 23 até o próximo dia 22 de abril, e também a partir da página web da Fundação Mapfre para uma visita virtual a exposição.

Via Diario del Viajero



© Blog do Maragao / Design: Smashing Wordpress Themes
O Blog do Maragao utiliza exclusivamente Software Livre e está sendo desenvolvido sobre Wordpress, com armazenamento em base de dados MySQL e roda em servidor web Apache.